Todos os dias pela manhã, as pessoas fazem seu planejamento pessoal para a jornada. Ir ao trabalho, comparecer ao médico, fazer uma corrida, jantar com os amigos. Para a maioria dessas atividades, saber como estará o tempo é fundamental, e muitos se informam pelos meios de comunicação de massa, principalmente a TV.

Para os canais de televisão, oferecer a meteorologia pode atrair um número significativo de espectadores, o que se reflete diretamente nas receitas de tal emissora. Neste artigo, vamos explicar quais os impactos da previsão do tempo na audiência. Para saber mais, basta continuar a leitura!

Impactos da previsão do tempo na audiência

Ganho de telespectadores

Em países da Europa e também nos Estados Unidos, a previsão do tempo é um serviço de uso constante para a população. Muita gente tem apps de meteorologia instalados nos smartphones e os consulta várias vezes ao dia. Alguns compromissos são marcados com precisão de minutos para evitar um temporal, uma ventania ou uma nevasca.

Nesses mesmos países, a meteorologia ocupa uma parte significativa dos telejornais, e as informações são bastante aprofundadas. No Brasil, país com clima mais ameno e sem propensão a grandes desastres naturais, essa atenção ao tempo tem ficado mais forte nos últimos anos, e a população está gostando de saber com mais clareza como o tempo vai se comportar para planejar seu dia a dia.

Uma das consequências disso é o fato de o público buscar cada vez mais esse serviço. As pessoas querem assistir a jornais que trarão detalhes sobre o tempo. Quem oferece esse serviço conquista uma fatia grande do público. 

Vantagem sobre a concorrência

Aqui, estamos lidando com uma consequência do ponto que destacamos anteriormente. Quem não oferece um determinado serviço está, automaticamente, deixando o espaço aberto para a concorrência. Na era da internet, são raros os casos de furos jornalísticos. Isso quer dizer que as pautas, nos principais jornais, acabam sendo mais ou menos as mesmas — a diferença fundamental está na abordagem de cada um.

Os telespectadores vão buscar, então, aquele produto que tem uma visão mais parecida com a sua e também o que oferece diferenciais, como uma boa previsão do tempo.

Maior credibilidade

Todos os bons gestores de mídia — e também os bons jornalistas — sabem que o jornalismo está vivendo uma crise de credibilidade. Com a afluência das fake news, ficou mais difícil para o público saber em quem confiar. Por isso, os veículos precisam se esforçar ainda mais para destacar a própria idoneidade.

Serviços como a previsão do tempo ajudam nessa imagem de credibilidade. De um lado, porque mostram a preocupação da emissora com o bem-estar do telespectador. E, de outro, porque é feito um investimento alto para entregar previsões que sejam o mais precisas possíveis. Esse grau de acerto se reflete na reputação da empresa e se espalha para os demais produtos.

Maior ganho financeiro

O modelo de negócios das televisões está, até hoje, baseado nas publicidades. A emissora oferece gratuitamente à população o seu conteúdo. Em troca, cobra dos anunciantes uma determinada quantia para que eles exponham seus produtos à audiência construída pelo canal.

Quando a empresa de comunicação começa a perder espectadores, automaticamente, perde anunciantes — e o oposto também é verdadeiro. Assim, o investimento em um bom serviço de previsão do tempo é uma forma de aumentar a audiência e, indiretamente, aumentar as rendas publicitárias.

A previsão do tempo é um serviço que influencia diretamente em uma série de atividades, desde o agronegócio até a aviação, passando por setores como o varejo e a segurança no trabalho. E, é claro, o dia a dia das pessoas não fica de fora.

No entanto, é fundamental que as emissoras entendam a responsabilidade que têm ao transmitir esse serviço, já que a previsão pode, também, evitar desastres naturais. Portanto, a qualidade da meteorologia apresentada é decisiva no impacto da previsão do tempo na audiência.

Você tem o costume de consultar a meteorologia? Conte-nos como nos comentários!