Você não precisa parar o que está fazendo para se informar.
Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!

Em períodos chuvosos, os problemas com a rede elétrica são comuns em qualquer região do país. Quedas de energia e apagões ocorrem com frequência, e podem gerar danos irreversíveis para o seu negócio — que podem se converter em enormes prejuízos. Por isso, é extremamente importante atentar para os cuidados com energia elétrica.

Afinal, o Brasil é um dos países com maior índice de descargas elétricas do mundo: segundo levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o país tem registrado cerca de 78 milhões de quedas de raios por ano em todo o território nacional.

Tendo isso em mente, preparamos este post com 4 dicas para você se precaver contra as possíveis dores de cabeça que esse tipo de situação pode trazer para a sua empresa. Confira!

1. Faça manutenção preventiva nas instalações elétricas

É muito importante estar constantemente atento à parte elétrica de uma instalação. Mesmo que ela tenha sido feita sob plena conformidade, com projeto feito por especialista e execução impecável, sempre pode aparecer algum problema. Nesse sentido, as manutenções preventivas devem ser realizadas para evitar danos futuros.

Alguns fatores podem indicar a necessidade de se fazer uma revisão com maior urgência, tais como a idade do imóvel, a condição dos equipamentos elétricos e dos elementos que compõem o sistema, o desarme frequente de fusíveis e disjuntores, superaquecimento dos fios, entre outros.

Para realizar uma verificação completa, os seguintes cuidados devem ser tomados:

  • procure um profissional qualificado e habilitado para a realização desse procedimento, que preze pela utilização das normas técnicas;
  • se houver necessidade de algum tipo de reforma, contrate um projeto elétrico desenvolvido por um profissional legalmente habilitado;
  • dê preferência para o uso de componentes e equipamentos certificados pelo INMETRO;
  • fios desencapados, amassados ou com a capa isolante desgastada devem ser substituídos imediatamente;
  • evite o uso de multiplicadores de tomada: dê preferência para o uso de filtros de linha com interruptores.

O ideal é que seja feita uma revisão da parte elétrica a cada cinco anos, pelo menos.

2. Tenha um gerador de energia reserva

Geradores de energia são uma fonte confiável de alimentação e podem suprir a demanda de eletricidade de hospitais, canteiros de obra, shoppings, indústrias e até condomínios inteiros.

É muito ruim para os negócios quando há uma queda de energia na região onde sua empresa se localiza, forçando uma interrupção nas atividades desenvolvidas. O gerador é um equipamento que não deixa você na mão quando isso acontece — o que permite ao seu negócio continuar operando, sem comprometer o seu rendimento.

3. Contrate um serviço de backup corporativo

Em muitos casos, alguns dados e documentos digitais são vitais para o funcionamento da sua empresa e, sem eles, seria quase impossível a continuidade de suas operações. Sem o serviço de backup, esses arquivos podem estar à mercê de incidentes como a queima de equipamentos causados por descargas elétricas e, muitas vezes, pode não ser possível recuperá-los.

Portanto, manter o backup do banco de dados e dos sistemas de papel crítico de sua empresa pode significar a sobrevivência do seu negócio. Além de evitar esses danos, você ainda se resguarda contra possíveis extravios de informações confidenciais de clientes, o que pode comprometer a reputação de sua marca.

4. Contrate um seguro que cubra danos causados por quedas de raio

Os prejuízos materiais causados pela incidência de descargas elétricas podem ser diversos: incêndios em florestas e plantações, explosões em depósitos de materiais combustíveis, danificação de linhas de transmissão de energia, queima de equipamentos etc. Não obstante, os raios são uma figura comum na indústria de seguros.

Geralmente, a prevenção contra descargas atmosféricas é inclusa na cobertura básica dos seguros multiriscos empresariais. Porém, é necessário estar atento ao fato de que a garantia básica cobre somente os danos resultantes de raios incididos dentro do terreno da edificação segurada.

Como pôde ser visto, os cuidados com energia elétrica em tempos de chuva não são poucos. Esperamos que, com este post, possamos ter contribuído para que você se sinta mais seguro e preparado para lidar com esses casos.

Gostou deste conteúdo? Então, compartilhe-o nas suas redes sociais favoritas para conscientizar também os amigos e familiares!